São Gonçalo, 18 de Junho de 2019

Cabofriense vence o Vasco que sofre seu primeiro revés na temporada 2019
17/03/2019 20:21 em Novidades

Essa foi a primeira vitória do treinador Valdir Bigode sobre seu ex-clube onde foi auxiliar por vários anos

 

Por Weliton Labarra

Foto: Léo Borges/Cabofriense

 

Depois de 13 jogos de invencibilidade no ano de 2019, o Vasco conheceu a sua primeira derrota. Na tarde deste domingo (17), com gols de Rincón e Bruno Lima, a Cabofriense surpreendeu e venceu o Cruzmaltino por 2 a 0, em jogo no Estádio Kleber Andrade, Espírito Santo, pela quarta rodada da Taça Rio.

Com o resultado, o Alvianil Praiano assumiu a liderança do Grupo B com nove pontos, a mesma pontuação do Bangu que fecha o G-2 e segue em busca por vaga a Série D do Brasileiro em 2020, neste momento tem 13 pontos na classificação geral. Já o Vasco é o terceiro da outra chave A com cinco, tendo até aqui no somatório dos dois turnos um total de 20.      

Na sequência da competição, o Vasco visita o Resende, no Raulino de Oliveira, às 21h30. No dia seguinte, a Cabofriense recebe o Volta Redonda, a partir das 19h30, no Correão.

 

JOGO

Vimos uma partida bastante movimentada desde do início onde as duas equipes atacavam muito, mas a Cabofriense aproveitou sua chance e abriu o placar aos 11 minutos. Em velocidade, Watson entra pela direita e cruza para Rincón, que sozinho, finalizou bem e fez  1 a 0 para o time visitante.

Com mais apetite, o time da Região dos Lagos seguia melhor e criava outras grandes chances para aumentar o placar. Já o Gigante da Colina errava muito e mesmo assim respondeu com Claudi Winick que acertou o travessão. Depois disso, o time visitante viu um Vasco mais presente ao ataque, mas nada que mudasse o placar do primeiro tempo. 

Em um segundo tempo frenético, o Vasco voltou com mais vontade para buscar uma virada e por pouco não conseguiu em uma cabeçada contra de Igor nos minutos inicias. Foram inúmeras chances desperdiçadas pelo Cruzmaltino que parou no goleiro George. 

O segundo tempo começou com carga ainda maior do Vasco no ataque. Um cabeçada contra de Igor, logo nos minutos iniciais, quase representou o empate. Ribamar teve nova oportunidade, mas dessa vez parou em George. Além de Galhardo, que entrou logo após o intervalo, Alberto Valentim lançou, antes dos 15 minutos, Yago Pikachu e Tiago Reis.

Já a Cabofriense sem criar tanto na etapa final, foi cirúrgico e no seu primeiro ataque chegou ao segundo gol. Aos 34, em escanteio, Bruno Lima aproveitou indecisão da zaga e testou pra fazer 2 a 0.

O segundo gol desanimou as pretensões vascaínas que teve que ouvir os protetos da sua torcidatos onde a Cabofriense conseguiu uma vitória convicente por 2 a 0 e ainda avi brigar por uma vaga as semifinas da Taça Rio.

Cabofriense: George; Watson (Lucas Cunha), Bruno Lima, Igor e Marlon; Abuda, Gama e Anderson Rosa; Índio (Manoel), Rafael Pernão e Rincón (Kaká Mendes). Técnico: Valdir.

 

Vasco: Fernando Miguel; Claudio Winck (Yago Pikachu), Oswaldo Henríquez, Luiz Gustavo e Henrique; Raul (Thiago Galhardo), Willian Maranhão e Bruno César; Marrony, Rossi e Ribamar (Tiago Reis). Técnico: Alberto Valentim.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Seja um padrinho da Esporte Metropolitano! A partir de 1 real você nos ajuda a produzir o melhor conteúdo para você! Clique na imagem abaixo e saiba mais: